Cultura de Raiz

Cultura de Raiz

 

O Cultura de Raiz prevê o atendimento de 120 (cento e vinte) crianças e adolescentes da comunidade e do sistema socioeducativo das Regiões Administrativas Itapoã e Paranoá no que tange à cultura de inclusão social por meio de oficinas de conscientização e vivência da cultura afro-brasileira.

Além da compreensão para o significado da identidade coletiva e/ou étnica, as crianças têm momentos importantes de resgate de sua raiz em diálogos que têm início nas tendas do projeto e seguem até cada uma das famílias, envolvendo assim a maior parte dos mais de 100.000 habitantes da região.

Iniciado em 2018, o projeto trabalha sobre o que dispõe a Lei 10.639/2003 e os dados de raça/cor/gênero/etnia fornecidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), além dos dados do Mapa da Violência, anualmente publicado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), entre outros documentos referentes à condição do negro na sociedade.